Páginas

Agora é pra valer

Resultado de imagem para casais tumblr

Só queria alguém que conhecesse os meus piores medos e anseios, sem desistir daquele "nós". Um alguém com quem eu pudesse compartilhar toda a minha lista de filmes clássicos ainda não assistidos. Que entendesse as minhas demasiadas variações de humor, que ao decorrer do dia são muitas. Que me ligasse as 2hrs da manhã de um sábado só para dizer um "eu te amo". Receber um buque de flores ao final da tarde, passeios de mãos dadas e beijos roubados.

Sei que tudo isso não deixa de ser clichê, ainda mais para alguém como eu que nunca foi chegada a relacionamentos duradouros. É que a vida chega num ponto, em que não importa quantas bocas você beije, quantas saídas você dê, festas, bares... Tudo isso passa. Tudo isso cansa. E você percebe que talvez, ter um alguém por perto para te fazer se sentir amado e protegido do mundo, não seja algo tão ruim assim. Se prender a um alguém e esse alguém ser seu. Descobrir um novo mundo, em outro mundo, através de um outro ser. Tem coisa mais bonita do que demonstrar amor e transmitir de todas as variadas formas possíveis? Já tentei e falhei muitas vezes. Nunca fui boa no quesito relacionamentos. Sempre acabo por me enjoar dos demasiados "bom dia, linda" ou dos "dormiu bem?". Até pelos encontros que se sucediam durante os finais de semana, não duravam muito com a mesma pessoa. Em 1 mês, já não havia mais o mesmo brilho no olhar, a mesma vontade, tampouco o mesmo interesse. Falando assim, até parece que sou uma total sangue frio, sem coração. Mas, agora percebo, que, talvez não tenham dado certo porque eu não queria que dessem. Não era algo que eu realmente quisesse fazer dar certo. Não era algo que eu quisesse passar naquele momento. Não era a pessoa certa. Não era o lugar certo. Não era a hora certa. Aos 9 anos, pensava que se ficasse em casa, o príncipe dos meus sonhos apareceria reluzente pela porta do quarto dizendo que me amava e tinha me procurado por todos os cantos possíveis. Aos 12 anos, quando um garoto me disse que era feia e eu lhe respondi com um "a beleza é relativa", constatei que o tal do príncipe encantado era farsa. Aos 14 anos quando dei o meu primeiro beijo cheia de expectativas, percebi que a falta de sua existência fajuta, não era algo tão ruim assim. Se eu pudesse voltar no tempo e bater um papo com aquela menininha sonhadora aos seus 9 anos de idade, diria para que não tivesse pressa. Diria para que sonhasse com alguém que a entendesse, ao invés de somente boa aparência. Quem sabe assim não teria evitado os demasiados acontecimentos desastrosos que se sucederam nesse meio tempo? Os babacas que vieram e se foram. Os que tinham alguma chance para darem certo, e os perdi. Os beijos e carinhos trocados sem quaisquer sentimento verdadeiro.
Quero alguém que chegue sem aviso e balance cada uma das minhas estruturas fincadas a todo custo no chão. Alguém que não tenha vergonha de demonstrar o que sente, que grite ao mundo que dessa vez é pra valer. E que valha, verdadeiramente. Ser solteiro e ter liberdade é muito bom, mas encontrar alguém que te faça abrir mão de tudo porque a pessoa vale mais, é ainda melhor. Depois de todos os meus fracassos e tentativas, sinto que estou pronta. Sinto que já sou tão minha, que não sou capaz de perder-me outra vez. Faço de mim o que quero e sempre fui assim. Mas, agora, quero sentir o frio na barriga do que é amar. Transbordar amor, compartilhar amor, ser amor, ser o nós.
Então cupido, tome cuidado comigo. Eu estou pronta para lhe pertencer.

Um comentário

  1. "Transbordar amor, compartilhar amor, ser amor" Ahhh, que texto maravilhoso! Parabéns ♥

    www.meumundonofundo.com.br

    ResponderExcluir

Deixe um comentário, opiniões são sempre bem-vindas!